Publicidade

Assine o HoraHAnuncie no HoraH


A Terceirização dos Filhos

Bruno

06/07/2016 às 19:27h

 

Ás vezes fico pensando em quem é mais feliz. Pode ser aquele que anda com roupas caras, no seu carro do ano, correndo contra o relógio, cumprindo sua agenda cheia de compromissos com pessoas importantes e que chega sempre tarde da noite em sua casa no bairro nobre. Mas aí me lembro daquele ser de vida simples, com os gastos controlados para poder sobreviver com seu salário, que mora longe do bairro nobre e que possui uma grande riqueza: tempo. Tempo para si. Tempo para a família. Tempo para os filhos. Tempo para os amigos. Tempo para Deus. E quem sabe por aí seja possível definir algo parecido com felicidade. Ou no mínimo algo chamado de qualidade de vida.

 

Infelizmente tenho visto muitos pais sendo absorvidos pela correria frenética da vida moderna. Emprego, estudos, viagens, academia. Pais que estão ficando ricos. E ao mesmo tempo pobres. Pobres de tempo. E tempo precioso. Tempo que jamais vai se repetir em toda a história de sua vida: o tempo de colo, das cócegas, de andar de bicicleta, de construir a casa de boneca, de jogar futebol. Filhos precisam dos pais. Sempre. Pais, precisamos confessar: corremos o risco de terceirizar a educação de nossos filhos. Delegar a outros o que os filhos esperam apenas de nós. Entregar a outros o tempo que é nosso com nossos filhos. Babás, creches, avós, escolas e até mesmo presentes caros. Podem ser legais e necessários, mas jamais vão suprir a ausência de pais sem tempo para seus filhos.

 

Independente do seu ritmo de vida, tenha tempo. Para amar, educar e ensinar os filhos. Inclusive para conhecer a Jesus. Esta é a recomendação bíblica: “Não as esconderemos dos nossos filhos, mas falaremos aos nossos descendentes a respeito do poder de Deus, o SENHOR, dos seus feitos poderosos e das coisas maravilhosas que ele fez” (Salmo 78.4). A fé cristã não é algo vivido apenas no culto do final de semana. A fé cristã é vivida e ensinada diariamente. No contar das historinhas bíblicas na cama antes de dormir, na oração antes da refeição, no explicar quem é Jesus. Crer neste Jesus é algo que filhos aprendem mais no colo dos seus pais cristãos do que nos bancos das igrejas. E para isto, é preciso tempo – a grande riqueza da era moderna.

 

Então fica dica: filhos precisam do tempo dos pais. Eis nosso desafio, pais. Há um Deus que dedica tempo integral a cada filho. Inclusive para pais que se culpam por não terem brincado, dado colo ou por não terem visto os filhos crescerem. Em Jesus, há perdão e recomeço. Uma nova vida começa. Agora! Com qualidade de vida e de tempo. Afinal, este Deus diz: “Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião” (Eclesiastes 3.1). Há tempo de trabalhar e lutar pelos sonhos. Há tempo de ser pai e mãe. Tempo de ser feliz.

               

                






  • ACI LATERAL SECUNDARIAS