Publicidade

Assine o HoraHAnuncie no HoraH


O Papai é Pop

Bruno

01/09/2016 às 12:28h

“O Papai é Pop”, "O Papai é Pop 2" e "A Mamãe é Rock" estão entre os livros mais vendidos no Brasil. Os livros foram escritos por Marcos Piangers e sua esposa. Quem conhece seu trabalho sabe que seu ponto forte não é a intelectualidade em si, como os grandes escritores da Academia Brasileira de Letras, mas sim o humor e a inovação. Para apresentar o primeiro livro, "O Papai é Pop", a frase é que “as preocupações com a casa, com o berço, com o espaço para as crianças brincarem não fazem diferença nenhuma. O que vale mesmo não é comprar os melhores brinquedos, porque as crianças gostam mesmo é das brincadeiras que não custam nada”.
 

Como pode livros que falam das coisas simples da vida e de brincadeiras de crianças estarem entre os mais vendidos no Brasil? Quem sabe seja porque a simplicidade da vida foi esquecida. Também entre pais e filhos. Filhos querem atenção, cócegas, colo, olho no olho. Querem e precisam sentir o cheiro de pai, o cheiro de mãe. Pobres pais que, nas suas correrias e compromissos, delegam estes momentos únicos para avós, creches, babás, -ts. A grande procura pelos livros da família Piangers pode ser um sinal de reconhecimento de que pais estão cada vez mais ausentes na vida emocional e lúdica de seus filhos – e tentam preencher isto com brinquedos caros, tênis da moda, -ts animados, presentes.
 

A rotina sufocante parece esconder a simplicidade da vida. E não é de hoje: “Trabalhamos tanto, tentando pegar o vento, e o que é que ganhamos com isso? O que ganhamos é passar a vida na escuridão e na tristeza, preocupados, doentes e amargurados. Então cheguei a esta conclusão: a melhor coisa que uma pessoa pode fazer durante a curta vida que Deus lhe deu é comer e beber e aproveitar bem o que ganhou com o seu trabalho”. (Eclesiastes 5.17-18). A fé em Jesus nos ajuda a tirar o pé do acelerador e a curtir a vida. A fé cristã nos ajuda a ver que nossos filhos não precisam apenas de roupa, escola e comida, mas de pais que ofereçam colo, carinho, sorrisos, conceitos, exemplos. Jesus carregou consigo culpas de pais e filhos, e seu perdão torna possível reaprender a priorizar as coisas mais importantes na vida.
 

Então fica a dica: o sucesso de “O Papai é Pop” parece um sinal de carência. Carência de momentos simples e inocentes, entre pais e filhos, entre mães e filhas. Carência de olho no olho, colo, futebol, garupa, bicicleta, cócegas. Jesus nos ama assim, olho no olho, com total atenção, do amanhecer ao anoitecer. Seu amor redireciona nosso olhar ao que é mais importante, para os momentos que vamos carregar no coração e na mente.






  • ACI LATERAL SECUNDARIAS