Publicidade

Anuncie no HoraHAssine o HoraH


Wikipédia completa 10 anos

Postado em 14/01/2011

A Wikipédia, uma enciclopédia gratuita e colaborativa criada com o software wiki, completa dez  anos de existência no próximo sábado, dia 15.

Em janeiro de 2001, no seu primeiro mês de atividades a enciclopédia colaborativa acumulou modestos 25 artigos. Mas dez anos depois, o site tornou-se o oitavo mais acessado do mundo e contém mais de 17,6 milhões de verbetes em 262 idiomas. Um fator interessante registra a marca de 16 milhões de dólares em doações ao empreendimento, fundado por Jimmy Wales e Larry Sanger, essa doações possibilitaram que a enciclopédia funcionasse livre de propagandas por mais um ano.

Contradições e críticas

Apenas nesses primeiros dez anos, a Wikipédia ajudou a modificar o jeito como os usuários buscam conteúdos na web, entretanto ainda existem questionamentos sobre sua real veracidade. Uma das principais contradições envolve o caráter 'livre' do site. Em tese, qualquer usuário pode criar e editar páginas, embora isto envolva diferentes níveis de permissão, conquistados pelo histórico de edições. Verbetes polêmicos só podem ser editados por usuários considerados experientes e confiáveis. Esta mesma liberdade, no entanto, resulta no maior alvo de críticas do modelo wiki: a credibilidade das informações, postadas por anônimos, é questionada pelos céticos. Entretanto, a Wikipédia conquistou a aprovação, referente à confiabilidade de suas informações, da renomada revista científica Nature, publicação que goza de enorme prestígio em nível mundial. A revista britânica realizou uma pesquisa comparativa, de 50 artigos científicos, entre a Wikipédia e a Encyclopædia Britannica. Os artigos foram analisados por especialistas e o resultado foi surpreendente. Quanto a inconsistências por verbete a média foi de: W = 4; B = 3; os erros graves: W = 4; B = 4 e "[...] incorreções factuais, omissões e afirmações falsas": W = 162; B = 123.

Considerando que a quantidade de verbetes existentes no site é milhares de vezes maior que da enciclopédia britânica, se encontrará muito mais erros na ferramenta on-line, entretanto eles são proporcionais, e ainda é preciso levar em conta que o site pode ser corrigido rapidamente, já o livro, mesmo que tenha uma nova impressão corrigida, continuará carregando aquele erro até ser destruído. Claro que nenhuma dessas fontes carregam a verdade absoluta, elas servem de base inicial para pesquisas, o primeiro passo que levará a um conhecimento estabelecido através da pesquisa. Mas não há como negar que a enciclopédia online vem contribuir com a democratização do conhecimento. Se não fosse assim, por que então teria acesso restrito em países como a China?