Publicidade

Anuncie no HoraHAssine o HoraH


Atividades marcam semana da prematuridade na UTI Neo Natal do Hospital Unimed

Postado em 25/11/2016

A orientação para os pais e familiares sobre o universo de vida dos prematuros, oferecendo subsídios para o desenvolvimento seguro dos bebês, motivou ação desenvolvida pelo Hospital Unimed Noroeste/RS entre os dias 14 e 18 de novembro. A Semana da Prematuridade foi marcada por encontros com profissionais das áreas da Enfermagem, Psicologia e Fisioterapia, além de exposição e depoimento de familiar que já passou pela UTI Neonatal. Para a coordenadora de Enfermagem, Danieli Ciotti, a ação buscou “garantir mais segurança nos cuidados com os filhos quando chegar o momento de levá-los para casa”.

A equipe de Enfermagem do Hospital Unimed abordou conteúdos relacionados especialmente à amamentação. Observaram a importância do aleitamento materno para os prematuros, os cuidados para o esgotamento e a melhor posição do bebê durante a amamentação. Também foram esclarecidas dúvidas dos pais quanto aos cuidados com os recém-nascidos.

Outro encontro tratou sobre “O olhar da psicologia para a prematuridade”. A psicóloga Giovana Preichardt Rodrigues, que atua no Departamento de Medicina Preventiva, destacou que “falar em prematuridade remete a separação precoce entre mãe e filho, o que traz um enorme desconforto emocional. Há sentimentos de ambivalência, angústia e por vezes impotência frente ao que os pais poderiam ter feito ou não”. No entanto, apontou a profissional, é importante ver o momento como oportunidade de desenvolvimento e reconstrução da maternidade, estabelecendo um novo caminho no vínculo com o filho.

Já o Serviço de Fisioterapia incentivou os pais a fazerem com seus filhos a massagem Shantala, após a alta hospitalar. “Acredita-se que a Shantala é uma massagem que ensina a amar através do toque e transmitir segurança para os filhos”, indica a fisioterapeuta Carina Corso Alves. Os pais também foram incentivados a realizar a “Estimulação Precoce”, que consiste em possibilitar para a criança o desenvolvimento e todo o seu potencial, através de exercícios que estimulem a visão, a audição, o tato e o desenvolvimento motor através de brincadeiras lúdicas entre pais e filhos.