Publicidade

Assine o HoraHAnuncie no HoraH


Frentistas lesam cliente, são descobertos e demitidos por justa causa em Caxias

Postado em 31/08/2017

 

Um caso no mínimo diferente foi registrado na crônica policial caxiense esta semana: uma mulher de 54 anos foi vítima de estelionato por parte de dois frentistas de um posto de combustíveis do bairro Bela Vista, os dois se arrependeram, devolveram o dinheiro e depois perderam o emprego.

Tudo começou por volta das 19h desta terça-feira, dia 29, quando ela teria chegado no estabelecimento para abastecer o veículo. Após pagar a conta no caixa, ela teria deixado cair o cartão de crédito enquanto e dirigia até o veículo.

Um dos frentistas viu o cartão do banco no chão, próximo à bomba de gasolina, e percebeu que ele estava com a senha. Após juntar o cartão, ele não teve a coragem de ir até o banco para retirar algum dinheiro, mas vendeu o cartão para o colega de trabalho por R$ 340.

De posse do cartão, o homem foi até o banco e sacou R$ 2 mil da conta da vítima, que deu falta do cartão, que estava em nome de outra pessoa, apenas pela manhã desta quarta-feira, dia 30, e se dirigiu até o posto para perguntar aos funcionários se não havia deixado o cartão no local.

O gerente do posto observou o nervosismo dos frentistas diante da vítima, até o momento em que um deles confessou o que havia acontecido. Aparentemente arrependido do que fez, o frentista foi até sua casa e pegou parte do valor retirado do banco, R$ 1,5 mil, e devolveu para a vítima, que exigiu ser ressarcida com a quantia total retirada de sua conta.

Diante dessa situação, o frentista que vendeu o cartão devolveu para a dona o valor de R$ 340, e o posto completou o valor restante, de R$ 160. De posse do dinheiro, a vítima do estelionato não quis fazer o registro policial, mas a direção do estabelecimento não perdoou: fez o registro policial e, em seguida, demitiu os dois funcionários por justa causa. Fonte: LeOuVe Bento Gonçalves