Publicidade

Anuncie no HoraHAssine o HoraH


Grêmio vence o Lanús e está a um empate do tri

Postado em 23/11/2017

Diante de mais de 55 mil torcedores que lotaram a Arena na noite dessa quarta-feira, o Grêmio venceu o Lanús por 1 a 0, na primeira partida da decisão da Copa Libertadores da América. O gol foi marcado pelo meia Cícero, aos 37 minutos do segundo tempo, pouco mais de dez minutos após entrar em campo.

Com esse resultado, o Tricolor gaúcho entrará em campo no segundo jogo, precisando de um empate por qualquer placar para chegar ao tricampeonato continental. A partida está marcada para as 21h45min da próxima quarta-feira, na Argentina. Suspenso por cartões amarelos, o zagueiro Kannemann desfalcará a equipe de Renato Portaluppi.

Escalações

O Grêmio do técnico Renato Portaluppi colocou em campo Marcelo Grohe, Edilson, Pedro Geromel, Kannemann, Cortez, Arthur, Jailson (Cícero), Ramiro, Luan, Fernandinho (Éverton) e Barrios (Jael).

Já o Lanús, sob o comando de Jorge Almirón, escalou Andrada, Gómez, García, Braghieri, Velázquez (Aguirre), Marcone, Martínez, Pasquini, Alejandro Silva, Sand e Acosta.

Primeiro tempo

A primeira oportunidade gremista veio aos 3 minutos, de um lançamento que Fernandinho recebeu na esquerda, dominou e tentou passar por Gómez. No lance, esbarrou no defensor e caiu, mas a arbitragem nada assinalou. Com 15 minutos, os donos da casa trabalhavam a bola na intermediária, quando Luan lançou Ramiro na entrada da área com um passe por cima da zaga. O meia acabou derrubado, mas o juiz nada assinalou.

A grande chance do Lanús veio aos 33 minutos, da direita. Depois de trabalhar a bola na lateral e passar pela marcação, Martínez foi acionado, recebeu e chutou cruzado, mas Marcelo Grohe caiu e fez uma grande defesa. O Lanús voltou a levar perigo ao Tricolor aos 39 minutos. Silva cruzou no primeiro poste, Velázquez subiu e mandou de cabeça. Grohe fez mais uma grande defesa.

Em contra-ataque, os argentinos chegaram na área gremista aos 44 minutos, Andrada recebeu e tentou sair jogando, mas mandou nos pés de Arthur, que chutou de esquerda, mas a bola saiu a linha de fundo. Dois minutos depois, Ramiro tentou avançar a dribles na área e caiu, mas a arbitragem mais uma vez mandou o jogo seguir.

Segundo Tempo

Quando o Grêmio trabalhava bem a bola na intermediária de ataque, Fernandinho foi derrubado com falta de Guerreño. Edilson mandou uma bomba direto a gol, passando pela barreira, mas saiu a direita do gol de Andrada. O Tricolor seguiu pressionando a equipe argentina em seu campo de defesa até que conseguiu um escanteio. Na cobrança, Luan colocou no primeiro poste, mas a defesa cortou pra linha lateral.

E o Grêmio trabalhou essa bola e arrematou. Cortez recebeu e da intermediária, da entrada da área, mandou muito bem a gol. Arana desviou e a bola passou raspando a trave argentina, por pouco, aos 13 minutos.

Insistindo, pelo lado direito de ataque, o Grêmio teve um escanteio a seu favor. Luan cobrou, a arbitragem assinalou falta de ataque dos gremistas. Na saída de jogo errada do Lanús, Jael pegou a sobra e arrematou de longe, mas Andrada fez a defesa em dois tempos. O Grêmio voltou à carga aos 35 minutos, com um lançamento buscando Ramiro. O meia ia acionando Everton mais a frente, mas o jogador estava impedido.

Aos 37 minutos, no lance seguinte, em um lançamento do Edilson, a bola caiu para Jael, que tocou para Cícero. O meia, que havia entrado pouco mais de 10 minutos antes (no lugar de Jailson) desviou e mandou entre as pernas de Andrada, decretando o placar da partida.

O Grêmio ainda teve uma falta aos 49 minutos, na direita. Houve demora no lance, após discussões dos argentinos com a arbitragem. Na cobrança, Edilson colocou na área, Jael foi empurrado dentro da grande área, para nova reclamação de penalidade não marcada. O apito final soou aos 49 minutos.