Publicidade

Anuncie no HoraHAssine o HoraH


Incor do HCI alcança a marca dos 20 mil procedimentos de hemodinâmica

Postado em 04/12/2017

Desde a inauguração há 9 anos, o serviço de cardiologia do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) realiza consultas, exames e as mais complexas cirurgias do coração. Nesta semana, o serviço de hemodinâmica, que compõe o complexo de cardiologia, alcançou o número expressivo de 20 mil procedimentos de cateterismo, angioplastia e  cuidados das doenças neurológicas e vasculares. Esse serviço atende os principais convênios, como Unimed, IPE Saúde, Fusex e principalmente o Sistema Único de Saúde(SUS), que torna o Instituto do Coração do HCI, uma referência para mais de 120 municípios, com uma população estimada em 1, 5 milhão de pessoas.  

O médico hemodinamicista e pioneiro deste serviço no HCI, Leandro Bazzanella explica que atualmente existem três principais recursos utilizados para desobstrução das artérias coronárias. A cirurgia nos casos  em que há três ou mais artérias obstruídas, quando a obstrução está no tronco da coronária esquerda, a principal artéria de irrigação do coração e quando o paciente é diabético, também é recomendado a angioplastia com stent, nos casos em que há uma ou duas artérias obstruídas, quando o paciente está na fase aguda do infarto, ou seja, nas primeiras seis horas depois do infarto e quando o  paciente não pode correr os riscos decorrentes da cirurgia, como os portadores de doenças pulmonares ou renais ou idosos. A terceira opção é o tratamento através de medicamentos. Serve para os casos em que a obstrução compromete até 70% do diâmetro dos vasos, onde as placas estão difusas, espalhadas ao longo das artérias e a obstrução está estável há pelo menos 5 anos.

O outro pioneiro em procedimentos de cardiologia intervencionista, médico Leonardo Zanatta, disse que  a marca alcançada mostra a eficiência do serviço do Incor.  "Isto significa muitas vidas salvas, onde foram atendidas aqui a qualquer hora do dia. Estamos sempre com uma equipe pronta para prestar um serviço de qualidade e eficiência ", afirma o médico. Ele lembra ainda que no próximo dia 5 de janeiro, completa 8 anos do primeiro procedimento de hemodinâmica realizado pelo SUS no HCI.  "Já conseguimos 20 mil procedimentos, entre cateterismo cardíaco, angioplastia coronariana e ainda angiografias periféricas, cerebrais e angioplastias periféricas e com certeza estes números vão ser ainda melhores o que significa que muitas vidas poderão ser salvas a tempo", afirma Zanatta.  

Na época da inauguração do Incor , o investimento ficou em 6 milhões de reais, sendo que destes,  4 milhões foram de recursos próprios do HCI.  Na semana passada, quando da visita no hospital do Ministro da Saúde Ricardo Barros, foi anunciado o empenho de 2 milhões de reais, específicos para a aquisição do segundo angiógrafo, equipamento que faz os procedimentos  de cardiologia intervencionista, que vai consolidar o HCI como referência macrorregional no serviço de hemodinâmica.